Rua do Xisto nº 150,
4475-509 Nogueira Maia

(351) 229 607 021
info@apre.pt

Reiki e as doenças

|
Escrito por Sérgio Silveira

 

Sérgio Silveira

Presidente da APRE Associação Portuguesa de Reiki Essencial e fundador da Anastácia Centro de Terapias Alternativas 

www.apre.pt

Primeiramente, há que explicar o entendimento que dá o Reiki as doenças, e entender onde encaixa a psicologia com o Reiki. Para nós uma doença é a manifestação final de um problema a nível mental ou emocional ou ainda espiritual  - uso a palavra espiritual sem conotações religiosas, que no Reiki, "espiritual" significa "o mais profundo do nosso ser. Nas terapias energéticas para curar na "profundidade" devemos tratar o ser humano em todos os seus níveis, e não somente aplicando um "remédio" temporal que alivia os seus sintomas. Desta forma, os pacientes que são tratados, ao ver aparentemente desaparecer as suas dores depois de umas sessões, deixam de procurarem pensando que se resolveu o seu problema, sem dar conta que essa dor era simplesmente a manifestação de algo mais profundo que ficou sem tratamento.

Para nós, toda essa energia, pensamentos, emoções, raiva, amor, etc. se traduzem de alguma forma energética. Ainda desde ponto de vista extremamente racional, não é um conceito descabelado, já que o cérebro, a ferramenta que usamos para criar o pensamento, funciona na base de milhões de impulsos elétricos (energia) por segundo. Cada impulso cria um campo magnético (lei de Farraday) criando assim milhões de campos magnéticos (mais energia) que, como sabemos, se mantêm como uma corrente elétrica. Trabalhar com esta energia criada é o que constitui a base fundamental de uma terapia de Reiki. E é aqui onde claramente o trabalho de um psicólogo e o de um terapeuta de Reiki se intercalam. Ambos trabalham com pensamentos e emoções, um do ponto de vista da mente, outro do ponto de vista energético.

KI COMO ENERGIA PSÍQUICA

Um atributo importante do Ki, já mencionado, é que responde a pensamentos e sentimentos. A força do fluxo de Ki sobre um organismo é diretamente proporcional à qualidade dos pensamentos e sentimentos do indivíduo. São os nossos pensamentos e sentimentos negativos que causam interrupções no fluxo de Ki. Os locais onde pensamentos e sentimentos negativos se concentram são onde o fluxo de Ki se restringe. Nesses pontos o organismo funciona mal e podem surgir doenças. Mesmo a medicina ocidental moderna reconhece a influência da mente sobre a condição orgânica e muitos médicos ocidentais apontam 98% das doenças como consequência direta ou indireta do estado de espírito do doente.

Deve ser compreendido que a mente não existe apenas no cérebro; este é apenas o seu centro funcional, mas o sistema nervoso estende a consciência e subconsciência a cada órgão e tecido do corpo. Sabemos também que a parapsicologia sabe que a mente se estende num subtil campo de energia de cerca de 60 a 90 centímetros chamado de Aura. Por causa disso, não se pode analisar separadamente a mente do corpo, já que estão tão ambos ligados. Tal como o estado da mente é influenciado pelo estado do corpo, este é influenciado pelo estado de espírito. O maior problema são os pensamentos e sentimentos negativos alojados no subconsciente, pois não estamos cientes deles e, portanto, não podemos mudá-los ou eliminá-los por nós mesmos. É aí que entra a cura pelo Reiki, por exemplo. Os praticantes de Reiki acreditam que através das suas técnicas, o Ki é guiado pela Energia Divina, portanto sabe exatamente onde ir e como responder às restrições no fluxo de Ki no corpo humano. Ao fluir numa área sem saúde, o Reiki purifica quaisquer pensamentos e sentimentos negativos e elimina-os, independente de o indivíduo conhecê-los ou não. Assim, sendo livre de consciência e influência tanto do curador quanto do recetor, o método de cura pelo Reiki vem-se tornando cada vez mais popular no Ocidente.

 

Textos retirados do livro "Reiki Essencial o Manual dos Mestres" dos autores Sérgio Silveira e Conceição Pereira - www.centroanastacia.com

 

 
 

Comentários   

0 #4 Andre 27-08-2015 13:13
Um texto deverás interessante. Deixou-me a pensar neste assunto. Parabéns APRE.
Citar
0 #3 Sérgio 16-12-2014 15:16
Olá Catarina.
Estamos situados na cidade da Maia (região norte do país) onde temos a nossa sede. Temos ainda perto de 670 associados e diversos associados pelo país. Se desejares fazer parte desta associação basta inscreveres-te neste web site. Obrigado pelo seu contacto.
Citar
0 #2 Catarina Simon 12-12-2014 22:05
Um texto verdadeiramente claro que junta dois mundos de pensamentos e ideias. Gostei particularmente das junções entre o pensamento e as suas manifestações físicas. Parabéns por um excelente texto. Onde fica a vossa associação?
Citar
0 #1 Manuel Paiva 16-10-2014 11:13
Concordo plenamente com esse texto. Como psicólogo eu também vejo que as doenças possam ter uma origem psicossomática. Parabéns pelo texto.
Citar

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Categoria: