Rua do Xisto nº 150,
4475-509 Nogueira Maia

(351) 229 607 021
info@apre.pt

Manual de Conduta Ética Sessões Cura (APRE-PAC-072011)

|
Escrito por APRE

Na sequência de um trabalho efectuado pela APRE, na conjugação e ajustamento das técnicas e normas que devem ser efectuadas numa sessão de cura a outros, foi desde logo salientada a importância de se implementar um plano de acção na área da cura no Reiki Essencial. Este plano de acção tem como referência o número APRE-PAC-072011. O início deste plano na APRE e a perspectiva defendida pelo grupo de trabalho, visam aconselhar e orientar os Terapeutas de Reiki nas sessões de cura de forma a enquadrar as diversas técnicas de cura aos nossos associados. Sendo assim o modelo apresentado é adequado às necessidades aos Terapeutas e Mestres de Reiki. 

 

FAÇA AQUI O DOWNLOAD DO TEXTO

APRE-PAC-072011

Manual de Conduta Ética Profissional nas Sessões de Reiki

11 páginas - documento aprovado pela Direção da APRE

Criado em 09/11/2011

 

CONTRIBUTO DOS ASSOCIADOS:

Conceição Pereira - associada APRE-00002-PT

Sérgio Silveira - associado APRE-00001-PT

 

PLANO DE ACÇÃO NA CURA DE REIKI ESSENCIAL - ÁREA DA CURA – COR VERDE 

MANUAL DE CONDUTA ÉTICA PROFISSIONAL NAS SESSÕES DE REIKI

 

Elaborado por

Conceição Pereira, Mestre de Reiki Essencial

Grupo de trabalho para o ensino e formação de praticantes de Reiki Essencial

 

Julho de 2011

O grupo de trabalho para o ensino e formação de praticantes de Reiki Essencial tem a seguinte composição: 

 

Conceição Pereira,

Mestre de Reiki Essencial, Vice-Presidente da APRE Associação Portuguesa de Reiki Essencial e Fundadora da Anastácia Centro de Terapias Alternativas, coordenadora do Plano de Acção de Cura para os tratamentos complementares de Saúde; e coordenadora dos trabalhos; 

 

Índice

INTRODUÇÃO

PROCEDIMENTOS DE CURA

Objectivos deste plano

Divulgação pelo Grupo de trabalho aos associados

Divulgação pelas associações

Divulgação a população emgeral

PROCEDIMENTOS DE CURA

Sessões de curas de Reiki Essencial e a sua estratégia

 

PROCEDIMENTOS DE CURA NO TRATAMENTO DE REIKI

Regras normalizadas nos tratamentos a outros.

As normas desta associação no respeito da cura de Reiki aos outros preceituam que o Terapeuta de grau 2 não poderá deixar de preencher correctamente a ficha de cliente (APRE-0105-2010). Essa observância é fundamental, pois sendo o atendimento prestado ao paciente uma acção multidisciplinar, todos os envolvidos ficarão informados sobre as condições de tratamento, evolução do tratamento, resultados final dos tratamentos e procedimentos realizados nos clientes. Sob o ponto de vista legal é um precioso instrumento, talvez o mais importante, em demandas judiciais, pois é a partir desta análise que os peritos judiciais recolhem as informações para a decisão judicial. Sob o ponto de vista de saúde pública, são estas fichas de clientes que residem os dados, permitindo os dados de prevalências e de incidências de determinadas doenças, permitindo assim, acções de prevenção e medidas de tratamento mais eficazes. Este trabalho tem como objectivo enfatizar a importância do cumprimento das normas e do correcto preenchimento da ficha de cliente, ressaltando as suas implicações principalmente no tratamento de Reiki a outros. Tais práticas e técnicas não só representam a qualidade do trabalho profissional, mas permitem aos terapeutas dispor de um importante instrumento de defesa.

A cura de Reiki hoje, desenvolvido no nosso país focaliza primordialmente os aspectos energéticos que dizem respeito à prática do Reiki. A estrutura curricular normalmente pouco foca ao profissional que estará, em breve no mercado de trabalho, os aspectos que abordam o relacionamento com o cliente. O código de ética no Reiki e, consequentemente, a prevenção quanto aos possíveis erros na cura, que tanto têm preocupado a classe holística. Dentre os inúmeros factores envolvidos na análise do tratamento do exercício profissional, na suspeita do chamado “erro”, destacamos a ficha do cliente, como forma de alteramos no futuro os erros praticados. 

Inicialmente, como definição, podemos conceituar a ficha do cliente como o documento, organizado e conciso, referente ao registo dos cuidados terapêuticos prestados, assim como todas as informações, analises, procedimentos e quaisquer tratamentos.

Vale a pena lembrar que, conforme as nossas normas da APRE referente à conduta ética Reikiana com a referência (APRE-CETRE-0610), a documentação dos actos terapêuticos é parte relevante da prática do Reiki. Em tal documentação consta os procedimentos nas curas, na prevenção das doenças, formas de aplicação. A Terapeuta de Reiki pertence a responsabilidade de assegurar-se correctamente todos estes procedimentos, de forma a salvaguarda-se de eventuais complicações futuras. Portanto, este plano de acção na cura é um valioso instrumento de:

a) Assistência ao paciente: a correcta organização, com dados evolutivos cronológicos com fácil manipulação e consulta permite uma visão global do estado energético, físico e emocional do paciente, além de permitir uma análise rápida dos procedimentos feitos anteriores;

b) Ensino: é, na verdade, o instrumento utilizado para a discussão de casos. As diversas situações de saúde no Reiki só poderão ser debatidas com uma documentação elaborada e precisa por todos os Terapeutas de Reiki, quando adequadamente preenchido;

c) Pesquisa científica: Todos os dados são importantes e, portanto, devem ser preenchidos, pois não se sabe quais os dados que serão úteis para uma pesquisa futura;

d) Controlo de qualidade: é uma forma de mostrar a qualidade das técnicas aplicadas em cada caso, e os resultados finais. Deverá tornar-se obrigatório o correcto preenchimento desta ficha.

Não é raro verificar discrepâncias entre os procedimentos terapêuticos entre Reikianos. Existem situações em que a prática terapêutica no Reiki demonstra uma maior ocorrência de falhas na análise e consequentemente erros no tratamento. São principalmente os novos Terapeutas de Reiki que envolvem no atendimento e tratamento de pacientes, sem possuírem uma grande experiência para tal.

Poderíamos considerar que a rapidez que são dados os cursos de Reiki, e a falta de experiência dos Terapeutas pós a finalização dos cursos, podem propiciar omissões que seguramente irão prejudicar os tratamentos finais. Vale a pena ressaltar que está prática não é generalizada, mas precisamos sempre de melhorar as técnicas. Não se justifica, hoje, a desinformação acerca da importância da melhoria dos Terapeutas de Reiki nas sessões de cura aos outros, pois os objectivos são em diminuir as dúvidas geradas pela controvérsia do assunto.

As associações têm um papel fundamental na divulgação da importância de uma correcta aplicação do Reiki a outros. Já os programas de ensino, principalmente, desenvolvidos pela APRE vão beneficiar muito, na formação desses profissionais, ressaltando em palestras, mesas redondas e actividades didácticas a importância do tema envolvendo a responsabilidade do terapeuta.

A APRE – Associação Portuguesa de Reiki Essencial vem fazendo esforços para divulgar nas palestras, workshops e por meio de conferências temas de defesa profissional e direito da classe terapêutica de Reiki. Esta Associação instituída pelos seus Mestres de Reiki, já vem exercendo um papel relevante no aprimoramento técnico dos profissionais quanto ao correcto procedimento. Entretanto, essa divulgação deveria ser estendida já nos cursos de Reiki, onde os estudantes já começariam a se deter nas particularidades do tratamento que envolvem essa documentação.

Portanto, a preocupação com a boa qualidade do tratamento deve fazer parte da rotina das instituições de Reiki, cujo papel de formação deve ser instituído de forma plena e de elevada categoria, a fim de atender aos anseios de uma sociedade cada vez mais exigente. Sendo assim, foi constituída uma equipa de âmbito nacional composta por Mestres de Reiki Essencial, que iniciou o seu trabalho em Junho de 2011. 

 

São objectivos deste grupo: 

1.Desenvolver um plano de acção, faseado, a implementar de forma uniforme e sistemática na terapia de Reiki aos outros; 

2.Desenvolver um plano de cura nacional para Associações de Reiki;

3.Desenvolver um plano de cura nacional para Terapeutas de Reiki;

4.Acompanhar e monitorizar as terapêuticas de Reiki Essencial em Portugal;

5.Propor recomendações de novas técnicas terapêuticas de Reiki Essencial de forma a aumentar a qualidade nas sessões de cura. 

Com vista a tornar possível no médio prazo a implementação de um modelo de conduta ética de cura no Reiki Essencial baseado nas necessidades de aumento de qualidade nas sessões de cura, é fundamental o trabalho em desenvolvimento no âmbito deste grupo. A sistematização e regulação das sessões de cura e a uniformização de critérios terapêuticos, permitirá uma maior qualidade mais rigorosa, a utilização de normas de orientação Reikiana, critérios de referenciação e técnicas de Reiki mais “convergentes” entre os diversos terapeutas de Reiki. 

 

PLANO DE DIVULGAÇÃO

O plano de divulgação deste projecto para a melhoria da cura terapêutica de Reiki Essencial em Portugal deverá ocorrer em três momentos distintos:

 

1) Divulgação pelo Grupo de Trabalho aos associados

Nesta fase o grupo de trabalho vai informar os seus associados sobre o Manual de Conduta Ética Profissional nas Sessões de Reiki (APRE-PAC-072011) e explorar em conjunto com os seus associados a necessidade e a importância deste plano de cura. Conhecer as opiniões e fazer as alterações necessárias ao plano. Em termos nacionais é importante compreender que este plano de cura permitirá alcançar uma terapia nas sessões de cura normalizado entres todos os associados e escolas, de forma mais eficiente e mais equitativa, sendo expectável que a médio prazo seja possível a implementação de um modelo de cura nesta associação. É essencial o envolvimento dos associados uma vez que grande parte do acompanhamento e recolha de informação, vêm das suas experiências.

 

2) Divulgação pelas associações

Conhecendo os objectivos para os quais foi constituído o grupo de trabalho e as vantagens decorrentes da implementação destas orientações, para todos os intervenientes neste processo, é essencial que cada associação dê a conhecer e incentive os seus associados, na implementação deste Manual de Conduta Ética Profissional nas Sessões de Cura, pelas vantagens que daí decorrem para cada associação. É essencial motivar as associações neste processo pois são os mensageiros e promotores de toda a informação junto dos seus associados e que na prática farão das sessões de cura mais equitativo.

 

3) Divulgação a população em geral

Divulgação e implementação do Manual de Conduta Ética Profissional nas Sessões de Cura, através da página oficial da APRE, comunicação aos seus associados, à comunicação social, aos Representantes Locais e de todos os elementos fundamentais para o sucesso deste projecto. É importante nesta fase garantir que as pessoas compreendem a importância de terem uma boa conduta ética e terapêuticas nas sessões de cura regularizado por todas as escolas e Mestres de Reiki. É fundamental também realçar a importância de uma cura de Reiki uniforme e realizado de forma sistemática, pois só desta forma, e com o contributo de todos, é possível ambicionarmos ao reconhecimento legal e consequentemente termos a possibilidade de orientar esforços em determinado sentido, tendo por pressuposto a necessidade de tratamento holístico de cada cidadão.

 

PROCEDIMENTOS DE CURA NO TRATAMENTO DE REIKI

As técnicas e procedimentos sistematizados no Reiki Essencial são uma garantia dada a todos os terapeutas de aplicarem o Reiki aos outros de uma forma correcta. Estes procedimentos vêm trazer um aumento da qualidade na aplicação do Reiki. Actualizações nos procedimentos de curas é revisto semestralmente pelos terapeutas e mestres de Reiki designadas especificamente para tal fim, que contam com a participação dos representantes das diversas escolas envolvidos na assistência à saúde complementar. A necessidade das actualizações nos procedimentos de cura, se dá em função da evolução da prática natural, o que exige um processo permanente de incorporação de novas técnicas com segurança e eficácia comprovadas e de exclusão de outras, tornadas obsoletas.

É importante nesta fase garantir que os Terapeutas Reikianos compreendem a importância de terem um bom conhecimento das terapêuticas e técnicas administradas nos pacientes. É fundamental também realçar a importância de uma sessão de cura uniforme e realizado de forma sistemática, pois só desta forma, e com o contributo de todos, é possível ambicionarmos conhecer as vantagens das técnicas e dos métodos aplicados na doença de cada paciente e consequentemente termos a possibilidade de orientar esforços em determinado sentido tendo por pressuposto a necessidade de cada cidadão.

 

Importante salientar:

O Terapeuta tem a responsabilidade de estar atento e manter a sua energia e eficácia, através da prática constante do auto‐tratamento e outras práticas que auxiliem ao seu bem-estar. O terapeuta deve reconhecer a necessidade de procurar outro terapeuta caso não se consiga reequilibrar. No caso de doença, o terapeuta deve recorrer a aconselhamento e tratamento médico.

 

SESSÕES DE CURAS DE REIKI ESSENCIAL E A SUA ESTRATÉGIA NO TRATAMENTO DAS DOENÇAS

 

Destinatários

População geral dos 2 anos aos 90 anos, desde que demonstram doenças de origem emocionais e energéticas, e que estejam acompanhadas por tratamentos medicinais convencionais. Também todas as pessoas que desejem atenuarem tensões e ansiedades criadas pela falta de tempo e pressão da vida.

 

Objectivos das sessões de cura de Reiki

Saber as técnicas de cura, aplicação dos símbolos na cura aos outros, entender as normas de conduta ética para Terapeutas de Reiki e os procedimentos a ter em cada sessão.

 

Duração da Sessão

Cada sessão de Reiki têm uma duração entre 1h e às 2horas por sessão. 

 

Local da Sessão

A definir de acordo com cada Terapeuta de Reiki

 

Material necessário para cada sessão

1.Uma marquesa, 

2.Musica relaxante com som ambiente,

3.Roupa branca por parte do Terapeuta de Reiki, 

4.Um local arrumado e decorado de forma simples.

 

PROCEDIMENTOS TÉCNICOS DE CURA REIKI ESSENCIAL

1. CÓDIGO DE PROCEDIMENTO

REIKI — Sessão de cura

 

1.1 Objectivo

Definir a adequação padrão da sessão de cura.

 

1.2 Sessão de Reiki

A sessão de Reiki Essencial é uma cura pelo toque, baseada na força energética chamada de KI. Aplica-se com as mãos junto ao corpo e de forma sistemática em 12 ou 14 posições. Devem seguir o livro FORMAÇÃO AVANÇADA PARA TERAPEUTAS E MESTRES DE REIKI de forma a obter os melhores resultados nas curas energéticas.

 

1.3 Instruções gerais

1.4 No tratamento do Reiki aos outros o Terapeuta de Reiki Essencial terá de ter pelo menos dois a três meses de partilhas antes de aventura-se na cura aos outros. Necessita ainda de seguir o Código de Conduta Ética de Terapeuta de Reiki, homologado pela APRE – Associação Portuguesa de Reiki Essencial;

1.5 Poderão ser autorizados até oito sessões por mês, após as quais, havendo necessidade da continuação do tratamento, deverá ser realizada nova avaliação pelo Terapeuta de Reiki;

1.6 O tratamento de Reiki Essencial fica limitado a 32 sessões por ano;

1.7 Havendo necessidade de continuação do tratamento, deverá ser realizada nova avaliação pelo Terapeuta com base no parecer de um Mestre de Reiki Essencial solicitado à associação;

1.8 O tratamento de Reiki deverá ser realizado por um profissional de Reiki habilitado e reconhecido pela APRE;

1.9 O valor da remuneração do Terapeuta deverá ser entre os 20 euros e os 40 euros, adoptado cada Terapeuta as condições básicas necessárias aos procedimentos de cura.

 

2. PROCEDIMENTOS NUMA CURA A OUTROS

2.1 Geralmente os transmissores de Reiki lavam as mãos antes de começarem o tratamento. É um acto de higiene e cortesia, e o receptor por seu turno deverá tomar um banho ou um duche e lavar a cabeça antes de ir a uma sessão de Reiki.

2.2 Devem usar roupas confortáveis e de cores claras e que não impeçam o movimento do corpo durante a sessão. Não nos podemos também esquecer da temperatura da sala e a colocação de uma música suave e tranquila. 

2.3 Quando se inicia uma sessão pede-se à pessoa que tire os sapatos, o cinto, os óculos, o relógio e todos os metais no inicio do tratamento. Numa sessão nunca deve tirar a roupa por completo, mesmo que esse profissional de Reiki lhe diga que a sua roupa não deixa as energias fluírem. 

2.4 No Reiki a energia fluí perfeitamente em todos os tecidos, e até hoje não conhecemos algum obstáculo por causa de alguma peça de roupa. Antes de iniciar uma sessão de Reiki deve-se fazer uma pequena meditação.

2.5 Proceder ao inicio da cura com as mãos em forma de oração, fazendo o pedido em pensamento, pela seguinte ordem.

2.5.1 “Aqui e agora peço autorização à pessoa e ao seu bem supremo.” 

2.5.2 “Envio para o bem supremo da pessoa e do meu bem supremo (incluirmo-nos a nós próprios, terapeutas).”

2.5.3 “Aqui e agora peço a ajuda e presença dos meus Guias de Reiki.” 

2.5.4 “Aqui e agora sou um canal de Energia Reiki.” 

2.5.5 “Aqui e agora peço (formular claramente o pedido em pensamento) e que seja curada do problema X.” 

2.5.6 Visualizar positivamente a resolução do problema (imaginar um final feliz).

2.5.7 Em seguida colocar as mãos no corpo da pessoa a ser tratada. Deve seguir a postura correcta das mãos numa cura (Código de Procedimento 3.1).

2.5.8 O tempo de aplicação em cada posição deve ser de 3 a 5 minutos.

2.5.9 Quando terminamos a cura devemos efectuar nove “varrimentos da aura” feita com as mãos desde o chakra da coroa até aos pés, pelo menos a 30 cm do corpo, de maneira a limpar quaisquer energias retidas pelos chakras, na aura da pessoa.

2.6.0 E no final da cura agradecer à energia Reiki, aos Guias de Reiki, à outra pessoa e ao nosso bem supremo. 

 

3. POSTURA CORRECTA DAS MÃOS NUMA CURA

3.1 Os Mudras são posturas feitas com as mãos usadas na dança e nas imagens sagradas do budismo para despertar e harmonizar os centros energéticos do corpo. Usados na iconografia Buddhista e no Vajrayana, cheios de simbolismo e beleza, esses gestos criam uma conexão do praticante com a energia do Buddha que é invocado pela repetição dos mantras. Eles podem ser praticados a qualquer hora, trazendo calma e concentração para sua vida.

3.2 A postura Gassho ou o “Gesto da Prece” é feito antes de dar inicio a uma sessão de cura. A simples união de suas mãos no centro do peito simboliza a luz do coração que se irradia para a pessoa que está à sua frente e também para o ser divino que você é. 

3.3 Como colocar as mãos correctamente numa outra pessoa.

 

1. Mãos suavemente sobre os olhos.

2. Sobre as maças do rosto.

3. Mãos sob a cabeça.

4. Mãos descansam ligeiramente sob a clavícula – abaixo da garganta.

5. Entre os seios – Use com respeito, sem violar a privacidade do corpo feminino.

5a. Posição alternativa. Uma mão fica colocada perto da garganta e a outra levantada acima do coração.

6. Abaixo dos seios sobre as costelas inferiores.

7. Sobre o umbigo.

8. Através da região pélvica acima do osso púbico. Abaixo da cintura

9. Uma mão sobre o baixo-ventre, mas sem tocar a área genital.

10. Libertar os chakras das mãos.

11. Sobre as pernas

12. Na frente de ambos os joelhos

13. Ao nível dos calcanhares

14. Solas de ambos os pés simultaneamente

 

 
 

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Categoria: /